dom., 27 de fev. | Vila Mariana

rota da água

A água escolhe o caminho mais fácil. Assim, como a água, começamos juntos mais um ano com um piquenique delicioso no Parque Ecológico do Tietê, abrindo o circuito 2022! Venha ouvir histórias sobre a água em um tour no centro histórico e em dois parques de São Paulo.
rota da água

Horário e local

27 de fev. 07:00 – 15:00 BRT
Vila Mariana, R. Me. Cabrini, 541 - Vila Mariana, São Paulo - SP, 04020-001, Brasil

Sobre o evento

Desde 2011, promovemos, anualmente, um piquenique colaborativo para iniciarmos o ano de circuito (que começa em fevereiro e não em janeiro) com o "pédal" direito e o estômago cheio. Cada um leva entre 10 e 15 reais em comes ou bebes, e a gente leva mais algumas contribuições e as toalhas, e todos ficam felizes! 

 

Contemplando o Circuito Grautito de Cicloturismo Ytumbiara, a primeira cicloviagem - e a mais fácil de todas - totaliza 30 km, com saída da sede da Pediverde, na Vila Mariana, ao lado do Metrô Vila Mariana, e destino final no Parque Ecológico do Tietê, no limite da cidade com Guarulhos, na região nordeste em relação ao marco-zero da cidade.

O passeio acaba em um piquenique no parque, de onde é possível retornar pela estação Engenheiro Goulart da CPTM, que fica extatamente na frente da saída do parque! Fácil, né? Vem passear e aprender com a gente!

 

SOBRE O PARQUE ECOLÓGICO DO TIETÊ

Inaugurado em março de 1982,  surgiu com o objetivo de preservar o rio Tietê e um pouco de suas várzeas, além de possibilitar uma área de lazer para a população da Região Metropolitana de São Paulo.  Além de sua função de preservar a fauna e a flora da várzea do rio, o Parque Ecológico do Tietê proporciona aos seus usuários uma série de atividades culturais, educacionais, recreativas, esportivas e de lazer, recebendo mensalmente a média de 330 mil visitantes: 300 mil só no seu Núcleo Engenheiro Goulart e 30 mil no Núcleo Jacuí - também na Zona Leste.  

Núcleo Engenheiro Goulart (Cangaíba) 

Neste núcleo - o maior do Parque Ecológico do Tietê - os visitantes poderão desfrutar de uma área com 14 milhões de m² que possui desde atrações culturais, programas de educação ambiental, Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS) a vários equipamentos de lazer como pista de bicicross; pista de atletismo; 9 km de trilhas; 14 km de ciclovia (na área externa do centro de lazer) e aluguel de bicicletas; 3 quadras de futsal, 2 quadras poliesportivas e 5 campos de futebol society; 16 campos de futebol (4 internos e 12 externos); 1 campo de beisebol; Playground; academia; palco ao ar livre; teatro de arena; anfiteatro; 9 quiosques com churrasqueira e 12 churrasqueiras descobertas; lago com pedalinho e pedalão; passeio de trenzinho e triciclos; restaurante e lanchonetes (que funcionam todos os dias). A estrutura do Núcleo Engenheiro Goulart conta ainda com 12 sanitários, sendo 4 para pessoas com deficiência, 7 vestiários e ambulatório. 

 

Núcleo Jacuí (Cangaíba) 

Quem visitar o Jacuí, núcleo um pouco menor com 171 mil m² - bem ao lado do Núcleo Engenheiro Goulart, na zona leste - encontrará  2 campos de futebol, 3 quadras poliesportivas, pista de bicicross e skate, quadra para vôlei de praia, áreas para recreação, 12 quiosques com churrasqueira, salão de festa, vestiários, pista de cooper, equipamento e centro de atividades para a terceira idade. 

 

INDICAÇÕES E CONTRA INDICAÇÕES

- Pedal total: 30km (a quilometragem pode variar em decorrência de paradas e ajustes de rota)

- Obrigatório o uso de CAPACETE!

- Percurso com Asfalto (terra opcional no parque)

- Bicicletas com pneus lisos conseguem fazer o trajeto, mas é mais confortável com MTB no parque!

 

O QUE LEVAR?

- Bicicleta Revisada e câmara reserva para seus pneus

- Comidas e/ou Bebidas (não alcoólicas) num valor entre R$10 e R$15! Procure levar itens saudáveis, frutas, comidas que abastecem nosso corpo, e não porcarias. 

- Capa de chuva!

- Repelente e protetor!

- Água!

-Trava da sua bicicleta!

- Alegria e disposição! 

O RETORNO:

Cada um pode sair a hora que preferir, estamos a 5 minutos a pé da estação Eng. Goulart. O passeio está oficialmente encerrado às 14h, no destino final, no piquenique.

QUANTO CUSTA?

O Circuito Gratuito de Cicloturismo Ytumbiara, promovido pela Pediverde desde 2011, é gratuito. No entanto, adotamos a política "pague quanto vale" e, se desejar fazer alguma contribuição voluntária para nossa caixinha dos guias voluntários, leve no dia do passeio, nós agradecemos! Também podemos receber via PIX (perguntar pro Gus, da Pediverde). Mas lembre-se: não se sinta na obrigação de pagar nada!

VOCÊ É UMA EMPRESA?

Patrocine o circuito Ytumbiara! Ajude a transportar, alimentar e abastecer a nossa equipe para FAZER ACONTECER de verdade! Já pensou um uniforme da Pediverde com a sua marca? Vamos conversar? Vincule-se a uma prática positiva e que melhora o planeta em que vivemos!

*As cicloviagens gratuitas do Circuito Gratuito de Cicloturismo são abertas a todos e não tem custo vinculado à Pediverde. Cada participante é responsável por sua própria alimentação, hospedagem, condição física e, ao comparecer, atesta que está apto física e mentalmente para participar do evento. A Pediverde apenas se reserva no direito de divulgar a data em que sai para pedalar com seus condutores, dispostos a ajudar e auxiliar no que for necessário para reparos rápidos, e o participante deve levar uma CÂMARA RESERVA ou duas para sua própria bike. A Pediverde não possui peças de reposição e câmaras reserva gratuitas para troca, não se comprometendo com consertos grandes ou acidentes que venham a ser causados por terceiros ou por má pilotagem da bicicleta por parte do participante. Em caso de acidentes, prestaremos os primeiros socorros e encaminharemos o participante para o pronto atendimento, deixando avisado o contato de emergência (deixado no ato da inscrição). Assim, agradecemos por deixar um telefone de emergência válido no ato da inscrição.

 

Você é ciclista-turista ou ciclista raiz? Aposto que vai gostar de ver todos os mapas e rotas do Circuito Ytumbiara clicando aqui!

Compartilhe esse evento